Beehave- Serviços de Estatística

Serviços Estatísticos dos mais variados para auxiliar na tomada de decisões, estudos acadêmicos, pesquisas e diversos tipos de análises.

 

Você toma milhares de decisões em um dia.

A maioria delas você nem se dá conta.
Serviços de Estatística - Big Data Beehave Pesquisas e Análises

Serviços de Estatística –  Beehave Porto Alegre

Atualmente vivemos rodeados por uma quantidade enorme de informações. Com o advento da Internet e de novas tecnologias mobile, grande parte do nosso comportamento e atitudes pode ser quantificado e transformado e dados. Por este motivo não podemos deixar de pensar o quanto a Estatística nos é útil e o quanto esta ciência vem configurando-se como uma das competências mais importantes para tomada de decisões .

O mundo moderno vem sendo objeto de profundas e aceleradas transformações econômicas, políticas e sociais que têm levado os Gestores a adotarem estratégias diferenciadas e criativas para elevar a qualidade de suas empresas. Vivemos no mundo do Big Data, Data Mining, Data Engineering, predictive analytics, Inteligência Artificial, Algorítimos e etc. Estatística e dados se tornaram “sexy” e indispensáveis.

Estas transformações compõe um cenário extremamente desafiante para a competitividade das empresas. Por isso a Beehave oferece Serviços de Estatística dos mais variados para auxiliar na tomada de decisões, estudos acadêmicos, pesquisas e diversos tipos de análises.

Oferecemos Serviços de Estatística e Pesquisas de Mercado como uma ferramenta fundamental no processo de tomada de decisões.

O crescimento dos dados, a Internet e a explosão das mídias sociais mudaram a forma como olhamos para os dados. Dados são uma maneira de traduzir comportamento, tendências, desejos, atitudes e muitas outras coisas. Por isso a Estatística tem um papel importante na interpretação, análise e organização destes dados.
R

Orienta a metodologia da pesquisa de acordo com o objetivo especificado. As pesquisas podem ser quantitativas ou qualitativas.

R

Avalia se o instrumento de pesquisa (questionário, escala ou roteiros) está de acordo com os objetivos a serem alcançados na análise de dados.

R

Determina o tamanho de amostra de acordo com as especificações da pesquisa.

R

Orienta a elaboração do banco de dados que pode ser em planilha Excel ou equivalente.

R

Determina a técnica estatística mais apropriada para o projeto em estudo e o melhor pacote estatístico que oferece a técnica selecionada.

R

Orienta a melhor forma de apresentação gráfica dos resultados da pesquisa.

R

Orienta a forma correta da elaboração do texto sobre resultados estatísticos tanto para dissertações, teses, publicações internacionais como para apresentações em congressos e similares.

Dimensionamento de amostral

Identificação da população/amostra; escolha da técnica de amostragem mais adequada; cálculo de tamanho de amostra; composição da amostra – sorteio dos elementos

Uma população de interesse pode ser enumerável e finita, como a população de uma cidade ou de pacientes atendidos em algum hospital e ano específicos, por exemplo. Mas ela também pode ser infinita, ou impossível de enumerar, como, por exemplo, a quantidade de pessoas portadoras do vírus HIV, uma vez que seria necessário testar todos os habitantes do planeta para saber sua determinação exata. Diante da dificuldade em se trabalhar com uma população inteira, seja por ela ser infinita ou por não ser viável economicamente ou não haver tempo, opta-se por trabalhar com uma parte que seja representativa da totalidade – amostra.

Com um dimensionamento amostral mal elaborado podem ocorrer erros grosseiros e conclusões equivocadas devido justamente à falha no processo de amostragem.

Auxílio metodológico

Orientações quanto à preparação/digitação do banco de dados; elaboração de questionários/instrumentos

Para que se possa extrair o máximo de informação de uma pesquisa é importante estruturar na fase inicial de que forma essas informações serão obtidas. Podemos fazer perguntas fechadas, mas isso limita o respondente às opções dadas (que devem ser muito bem elaboradas também). Já questões abertas tendem a ocupar mais tempo e dar mais trabalho ao pesquisador, por exemplo. Além disso, a forma em que as informações serão armazenadas pode facilitar ou dificultar a etapa seguinte que é de análise dos dados.

Análise de dados

Análise exploratória dos dados; cálculo de medidas descritivas; análise inferencial através de testes estatísticos de hipóteses; apresentação dos resultados através de gráficos e tabelas

Na análise exploratória busca-se detectar eventuais erros de digitação, observações atípicas e de que forma cada variável se distribui. Dessa forma, cada variável será sumarizada com as medidas descritivas mais adequadas e as relações entre as variáveis serão analisadas através de testes estatísticos de hipótese, tais como: modelos de regressão linear simples e múltipla, análise de séries ao longo do tempo (previsão), análise de agrupamento, análise fatorial, análise de correspondência, análise de tabelas de contingência, regressão logística, regressão de Poisson, curvas de sobrevida, modelos lineares generalizados (GLM), etc.

Quem faz a Beehave

CRIS BUNDCHEN

CRIS BUNDCHEN

Mestre Estatística

Cristiane Bündchen
Bacharela em Estatística – UFRGS
Mestre em Engenharia de Produção – UFRGS
Técnica administrativa em Estatística – UFCSPA

Diga um Olá!

+55 51 9650-5035

Contato com a Beehave

14 + 7 =